sexta-feira, 16 de abril de 2010

...

Mãos

Tropeço nos meus pensamentos. Bagagens amontoadas de vida. Nunca fui arrumada.

Aquela cobra que surgiu debaixo do portão que em pânico escolheu o lado errado e chocou com uma parede enquanto eu voava para a caixa aberta de um carro está bem junto ao meu estômago. Nesse carro vai também um caixão, dezenas de pessoas a cantarem África e eu entre curvas de areia a conduzir sem saber como. Nem travões, nem destino. Só. E sem dúvidas. Acho que se alojou entre as minhas costelas porque o sinto quando respiro.
Os “Bons Dias” do caminho andam pela minha garganta ainda com vida própria. Continuo a dizê-los por instinto. As minhas crianças do Centro estão-me debaixo da pele, no mesmo lugar onde o silêncio já me habita antes de cada refeição.
Os Efeitos Borboleta encontram-se no meu pulsar, pressinto a sua continuação entre cada batimento. As pessoas que conheci transformam-se em cor de terra e entranham-se de forma clara, uma a uma, em cada vermelho de sangue. Já totalmente me são.
E posso trocar de anatomia. No lugar do estômago posso passar a ter fígado ou apenas um breve som. São histórias que me preenchem. Pedaços vivos de gente e vísceras.

Não fazia qualquer sentido não me partilhar. Agora… agora vou viajar. Viver a deslocação. Um lugar que sinto tão meu.

Foi e é muito bom ter-vos por cá.
Aproveitem os dias!
Clara

19 comentários:

  1. Não é para já, que deixo a internet...por isso aqui me tens,sempre ao teu lado, embora a tantos kilómetros de distância.Estás completamente apaixonada por África,não é à toa que se diz que há magia por essas terras.
    Em Angola, dizia-se que, quem bebesse água do rio Bengo, ficava irremediàvelmente preso.Então eu é que bebi a água e tu é que ficaste assim?!!!A cobra era das mortais, ou era "mais ou menos", como a minha neta diz?
    Beijos e um abraço, demorado e oscilante...

    ResponderEliminar
  2. Só pensar em cobras, dói-me o coração, por ti!
    Conduzir sem travões??? Meu Deus, a quanto te obrigas, Clarinha!Fiquei preocupada contigo, quase como uma mãe (faço ideia a tua como ficará!); mas é interessante verificar que em todo o texto, não te sinto com medo, só nostalgia, saudade... (estou mesmo a vêr a tua expressão, o teu olhar,o teu mayot branco e a tua bola vermelha)!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Mais um projecto que se completa mas não termina, transforma-se num elo de uma corrente de emoções, e convicções, que orientam claramente o teu olhar ao mesmo tempo que alargam horizontes.
    Não tenhas receio pois não te perdes, terás sempre alguém com quem entrelaçar as mãos, construir abraços tão apertados que transformam a experiência pessoal em colectiva.
    Sempre que venho ao teu blog o sorriso instala-se nos meus lábios, o olhar fica tão distante daqui mas tão próximo de ti. Sinto o teu cheiro, ouço o teu sorriso, sinto o calor da tua vontade e, aos poucos, dou comigo a viver os momentos que tão bem partilhas.
    Não pares pois de uma forma muito particular contribuis para o nosso pequeno/grande mundo.
    Parabéns a ti e aos teus novos amigos que aí deixas.
    Cá te espero com umas grandes orelhas, para te ouvir melhor, grandes olhos abertos, para não perder a tua expressão, lábios repenicados, para um beijo sonoro, braços abertos para os finalmente fechar num abraço apertado, apertado.
    Diverte-te e continua a brindar-nos com o teu sentir.
    Manel

    ResponderEliminar
  4. Boa viagem! Continua a dar os bons dias e junta-lhe um até logo e tens o futuro.
    Beijinhos Teresa MF

    ResponderEliminar
  5. Desta vez só vou comentar os "post".
    A Nanda porque te ensinou como se ama África.
    A Lurdes porque é sempre uma querida amiga.
    A Manel... porque és o máximo! (Bom ter amigos assim divertidos, solidários e com enorme humor!!!).
    A Teresa MF com as suas sábias palavras e aquele bom senso conciso e orientador.
    Hum.... Ainda bem que quando aqui cheguei só
    estavam estes quatro comentários!!!
    Mas para todos os outros amigos que comentam e mandam mails, que te apoiam, incentivam e tanto te ajudam e acompanham, eu inclino-me
    e agradeço-vos. Que bom ter tantos amigos!
    Beijos e fortes abraços para todos.
    Clara (Mãe)
    A minha filha diz que os meus beijos e abraços
    são os melhores do mundo!!! E eu acredito !
    Ahahahahah, aproveitem !!!!!

    ResponderEliminar
  6. Lindo o que escreveste!!! Subcrevo as palavras
    da Teresa.
    Faço um pequeno comentário á afirmação da tua Mãe "a minha filha diz que os meus bjs são os melhores do Mundo". Que convencida, os meus é que são, garante-me a MINHA FILHA...EH EH EH...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Estou num netcafe sem acentos e cedilhas para os lados de Inhambane.

    Nanda:
    Acho que a cobra era "mais ou menos"! Eheheh! Cinzenta e com um 1,5m no minimo (e por incrivel que pareca nao exagero!). Ficamos as duas em panico e tivemos reaccoes semelhantes. No fim fiquei com as perninhas a tremer e ela... bem, ela nao porque nao as tem, se nao ficava!
    Muitos beijos

    Lurdes;
    Pela descricao ate ja ouco a musica do Carlos Paredes!!
    Tenho mesmo muitas, muitas saudades... Acho que estas semanas de viagem me vao ajudar a arrumar um pouco.
    Muitos beijos

    Manel:
    Nao imaginas o conforto que me das ao ler-te. Obrigada pela companhia e apoio durante todo este caminho.
    A proxima partilha convosco vai ser ao vivo... nestas semanas vou andar sem computador e as minhas vindas a net serao apenas quando por um acaso passar por uma, como hoje.Acho que entendem...
    Muitos muitos muitos beijos e abraco apertado.
    Ate breve!

    ResponderEliminar
  8. Teresa;
    Como sempre as palavras certas na altura certa!
    Sera o que farei...
    Muitos beijos

    Mae e' Mae e se quer agradecer a quem me acompanha eu so tenho que ficar caladinha! ehehe!
    Sao mesmo os melhores, principalmente pela certeza de nunca terem um fim;
    Beijo

    Ceu:
    Os teus tambem sao muito bons! ehehe!
    Sao apenas diferentes...
    Muitos beijos

    ResponderEliminar
  9. Olá Clara! Permite-me que partilhe uma notícia que nos enche de alegria. Já podemos sentir nas nossas mãos o pulsar da Margarida, que nasceu hoje às 11H19 e da Clara que viu a luz do dia quatro minutos depois.
    A Quita está muito feliz e manda-te muitos beijos.
    Álvaro

    ResponderEliminar
  10. Acho que vou começar a ler o blog da tua volta ao mundo. É que é mesmo um belo modo de viajar, muito confortável e que sai baratíssimo. :) Enfim, de facto, a tua escrita é deliciosa.
    Aproveita ao máximo esta recta final em terras de Mãe África.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  11. Alvaro:
    Fico tao feliz... Ja enviei um mail a Quita mas como imagino que ela nao va tao cedo ve-lo transmite-lhe a minha emocao.
    Um beijinho de ternura para a Margarida, Clara e Quita e muitos abracos para todos. Que sorte as meninas terem nascido nessa familia!

    Nuno:
    ehehehe! Esta bem... Le-me na volta ao mundo. Mas depois parte. Sera outro o conforto que vais sentir. Um que nao envolve sofa nem tapetes de la. Um conforto de vida e de pura vontade.
    Muitos beijos. Ate breve!

    ResponderEliminar
  12. O nosso agradecimento pelas tuas palavras tão cheias de ternura e de emoção.
    Quero que saibas que te admiramos muito. Pelas tuas realizações, pela tua força solidária, pela tua entrega às causas justas. A mãe Clara bem se pode orgulhar de ti.
    Um grande beijo de todos nós. Para ti e para ela.
    Álvaro

    ResponderEliminar
  13. Mais uma etapa que acaba, venham outras, este tempo em Moçambique deve ter equivalido a uma licenciatura da vida.
    Parabéns

    Hugo

    ResponderEliminar
  14. Vim ter ao "efeito borboleta" - teu- aconselhada por uma amiga, a Helena Isabel. Sei que estiveste no Liceu de S. João (eu também...), que vives em África (eu também vivi 5 anos), que gostas de ajudar e que te revoltas contra as injustiças (vi no teu blog...).
    Vou seguir-te, borboleta!
    Eu sou o falcão de jade, Maria João para os amigos

    ResponderEliminar
  15. O teu trabalho, a TUA VIAGEM, são maravilhosos!

    Manuel Poppe

    ResponderEliminar
  16. Já sei que estás cá!!!! E que me trouxeste um presente :-)
    Obrigada!!!
    Temos de combinar um encontro. Um lanche cá em casa, com algumas das "tuas meninas". Pode ser?
    Diz qualquer coisa!!!!

    ResponderEliminar
  17. Muito Boa Tarde.

    É um prazer visitar o seu blogue. Estou por meio a divulgar o novo blog de crónicas entre outros assuntos da actualidade, com a opinião que terá um cunho meu. Sou blogger há varios anos, mas não vou divulgar os blogs que tive, quero que este tenha mérito próprio. Gostaria muito que colocasse o meu link e se possivel divulgue pelos seus amigos. Se o fizer, com certeza farei no meu humilde blog.

    http://quadratura-do-circulo.blogspot.com/

    Esta mensagem irá passar por alguns blogs que sigo.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  18. Clara...
    se por cada lágrima de emoção que me visitou os olhos, ao ler as tuas descrições, eu fizesse um comentário. Tinhas um comentário meu em praticamente todos os teus posts. Sinto alguma tristeza por não ter visto este teu blog mais cedo e de não te ter conseguido tb dar apoio (de todo o que conseguisse) na altura certa.
    Não tenho mais palavras para descrever o que me fizeste sentir. Nesta hora em que li o teu blog do inicio ate agora sinto que fiz uma viagem magnifica através das tuas palavras e emoções.
    Parabens!
    A minha mãe (Fátima) manda muitos beijinhos, e outros meus.
    Joana (Arouca)

    ResponderEliminar
  19. Cheguei aqui vinda do anterior blog. Gosto imenso de ler sobre viagens (também tenho um blog sobre o tema) mas...vai continuar a partilhar? Espero que sim
    Um abraço
    Cristina

    ResponderEliminar